Madeira

Há empresas regionais a adquirir negócios franceses

Pedro Calado afirmou, esta sexta-feira, que várias empresas da Região começaram a adquirir empresas francesas, “cotada s a nível internacional e de jovens que estão a trabalhar a partir da Madeira”. Jovens estes, explicou, licenciados em engenharia informática pela Universidade da Madeira (UMa): “Se mais pessoas houvesse licenciadas em Engenharia Informática oriundas da Madeira, teríamos ainda mais empresas a trabalhar cá. Neste momento uma das condicionantes a que assistimos é que não há ‘know-how’ suficiente para a quantidade que neste momento as empresas procuram”.

O vice-presidente falava durante uma visita às instalações da Fedrax, empresa instalada no CNIM, e que “trabalha para todo o mundo a partir da Madeira”, com mais de 30 profissionais, “jovens licenciados em engenharia informática” pela UMa.

Por causa disso, Pedro Calado elogiou a “capacidade formativa e profissional” da Universidade da Madeira (UMa), bem como a rampa de lançamento que pode ser o Centro Internacional de Negócios da Madeira (CNIM).

O governante ficou agradado com a visita, inserida na iniciativa ‘Empresas com Proximidade’, que Pedro Calado cumpre todas as sextas-feiras para conhecer de perto os negócios da Região. E explicou que a Fedrax “factura, e ajuda as empresas a facturarem, na ordem de dezenas de milhões de euros por ano”.

Além de posicionar-se “muito bem a nível internacional”, a Fedrax está “em fase de crescimento”. Para este desenvolvimento, a empresa aposta em mão-de-obra especializada, em engenharia informática, e formada na UMa: “Estamos satisfeitos por saber que o povo madeirense, os estudantes madeirenses, sobretudo desta área, são conceituados, reconhecidos a nível internacional”, insistiu Pedro Calado.

Por isso, o vice-presidente do Governo Regional está satisfeito com “o desenvolvimento que o Centro Internacional de Negócios tem dado nesta matéria”, já que “são empresas que criam postos de trabalho e que se desenvolvem cá”. E também com “a excelente capacidade formativa que a Universidade da Madeira tem tido nesta área”.

Redes Sociais - Comentários

Tags
Mostrar mais

Artigos relacionados

Back to top button

Close
Close