Madeira

Governo muda estratégia para quarentena obrigatória

O presidente do executivo madeirense, Miguel Albuquerque, voltou a sublinhar, esta tarde, através da sua página do Facebook, que a Região acaba de alterar a sua estratégia em relação aos passageiros que chegam ao Aeroporto da Madeira que seriam encaminhados para uma quarentena obrigatória hotéis, optando agora pela realização imediata de testes à Covid-19. No fundo, o Governo está a antecipar a estratégia que tinha planeado implementar a partir de 1 de Julho.

“Agora, tentaremos fazer os testes a curto prazo, e não somente após duas semanas de confinamento, e todos os que testem negativo serão autorizados a se deslocar para as suas residências”, revelou o governante, que assegura que “esta é uma medida que visa aliviar os elevados custos que a Região está a ter com a pandemia e não para evitar decisões judiciais na matéria”.

Albuquerque diz ainda que “a análise e a reflexão diárias sobre a resposta à pandemia na Madeira são cruciais para que se vá adaptando a estratégia regional e encontrando as melhores medidas para cada situação” e sublinha que “não nos podemos esquecer que esta é uma estratégia global”, que “todos temos responsabilidade, todos devemos ser um agente de saúde pública”, já que “só desta forma manteremos uma situação estável”.

DN Madeira

Redes Sociais - Comentários

Fonte
DN Madeira
Tags
Mostrar mais

Artigos relacionados

Back to top button

DONATE NOW

Close
Close