Madeira

Final da instrução do caso da tragédia do Monte agendado para Setembro

A juíza Susana Mão de Ferro pretende agendar para a segunda semana de Setembro a continuação das diligências da fase de instrução do caso da tragédia do Monte. A magistrada notificou ontem os advogados dos arguidos (Paulo Cafôfo, Idalina Perestrelo e Francisco Andrade) e das vítimas que pretende realizar diligências na semana de 7 a 11 de Setembro e o debate instrutório no dia 14 seguinte.

Recorde-se que o processo está relacionado com a queda de uma árvore em plena festa de Nossa Senhora do Monte ocorrida a 15 de Agosto de 2017, que provocou a morte de 13 pessoas e ferimentos em dezenas de pessoas. Durante a investigação foram constituídos arguidos o ex-presidente da Câmara do Funchal Paulo Cafôfo, a vereadora Idalina Perestrelo e o chefe de divisão de espaços verdes Francisco Andrade, mas o Ministério Público apenas viria a deduzir acusação contra os últimos dois, pelos crimes de homicídio por negligência e ofensa à integridade física por negligência. Os dois arguidos acusados requereram abertura de instrução, bem como vítimas e familiares que pretendem levar a julgamento o ex-autarca.

DN Madeira

Redes Sociais - Comentários

Fonte
DN Madeira

Artigos relacionados

Back to top button

DONATE NOW