Madeira

Escola do Covão celebra devolução de Coruja-das-torres ao seu habitat natural

Uma Coruja-das-torres foi devolvida à natureza na Escola Básica do 1.º ciclo do Covão, em Câmara de Lobos, próxima da localidade onde a ave de rapina foi recolhida com ferimentos numa asa. O momento, que teve lugar na manhã desta sexta-feira, foi bastante saudado pelas crianças e pela comunidade escolar.

Conhecido cientificamente por ‘Tyto alba’, a ave de rapina nocturna sofreu um acidente há cerca de um mês e meio. Ter-se-á desorientado e embatido num prédio. Foi encontrada durante o dia com ferimentos numa asa que a impediam de voar.

O animal foi recolhido e entregue ao Instituto de Florestas e conservação da Natureza (IFCN) e ao Serviço de Protecção da Natureza (SEPNA) da GNR que, por sua vez, confiaram-na aos cuidados de uma empresa que presta apoio veterinário a aves.

“É a história de muitas, a gente recebe aves de rapina feridas porque embateram em edifícios ou em carros e as pessoas entregam-nas à GNR ou ao Parque Natural da Madeira que, por sua vez, têm uma parceria com a TFalcon para nós tratarmos durante o tempo que for necessário com os enfermeiros veterinários e com os nossos técnicos”, explicou Tiago Cardoso, gerente da TFalcon, empresa que colabora com o IFCN na recuperação de aves feridas e na devolução ao habitat natural.

“Como nós vamos às escolas fazer aqueles shows com as araras, o programa ambiental de répteis e de aves de rapina, no fim fazemos a devolução à natureza das aves feridas que já estão em condições de serem autónomas no seu habitat natural, juntamente com os miúdos das escolas, porque há aqui uma vertente pedagógica também bastante importante”, referiu Tiago Cardoso, contactado pelo DIÁRIO.

Na Escola do Covão as turmas juntaram-se para celebrar o momento da libertação da Coruja-das-torres, já recuperada de uma fractura parcial da asa direita. A ave voltou a sentir os ares da liberdade perante uma plateia maioritariamente composta por crianças que, entre aplausos e risadas, deram salvas ao voo daquele novo ‘herói’. Esta acção de sensibilização contou também com as presenças do SEPNA da GNR e do IFCN.


Autor(a):
Fonte:

Redes Sociais - Comentários

Fonte
DN Madeira
Tags
Mostrar mais

Artigos relacionados

Back to top button

Close
Close