Madeira

Casos positivos detectados após 14 dias “não interromperam quarentena”

O novo caso de covid-19 registado esta quarta-feira na Madeira também só foi detectado por teste realizado após 14 dias de quarentena. O mesmo já tinha acontecido ontem, também num caso importado do Reino Unido. Mas as autoridades de saúde garantem que, nestes casos, o período de quarentena não é interrompido, mas sim prolongado.

“As pessoas são sinalizadas e acompanhadas pelas autoridades de saúde e esta pessoa durante os 14 dias apresentou sintomas e o diagnóstico confirmou-se no dia de ontem”, disse Bruna Gouveia, referindo-se ao novo caso revelado esta quarta-feira. “Não há uma quebra da quarentena”, assegurou a vice-presidente do IASAÚDE. “Não se interrompem quarentenas, e desde que exista dúvida faz-se um teste”, acrescentou Bruna Gouveia.

“Dois ciclos de incubação vão dar muito mais segurança para responder a esta pandemia na Madeira”, observou também o secretário regional da Saúde e Protecção Civil. “Podemos prolongar de 14 em 14 dias como forma de segurança para a nossa população”, acrescentou Pedro Ramos.

Passam a ser 50 os casos positivos identificados na Madeira, mas um deles já recuperado, nomeadamente de uma turista holandesa que, entretanto, já regressou ao seu país de origem.

Quanto aos dois doentes que se encontram hospitalizados, mantêm-se nas duas unidades de internamento dedicadas à covid-19 no Hospital Dr. Nélio Mendonça (um no internamento normal, outro na unidade de cuidados intensivos) e continuam “estáveis”.

Até ao momento, 340 casos foram negativos, 7 aguardam resultados laboratoriais, num total de 397 casos suspeitos já estudados na Região desde 29 de Fevereiro.

Neste momento 546 pessoas estão em vigilância activa, três dos quais profissionais de saúde, e o oito bombeiro do Porto Santo. 338 pessoas encontram-se em alojamento designado, a cumprir quarentena obrigatória: 25 no Hotel Praia Dourada, 3 na Quinta do Lorde e 290 no Hotel Vila Galé e 20 no Hotel D. Pedro, em Machico.

Em vigilância passiva estão identificada 261 pessoas. Em relação à Linha SRS24 mantém-se a tendência de diminuição. Nas últimas 24 horas foram efectuadas 68 chamadas, num total de 5.431 desde o início da operacionalização da linha.

DN Madeira

Redes Sociais - Comentários

Fonte
DN Madeira

Artigos relacionados

Back to top button

DONATE NOW