Madeira

Bordadeiras da Madeira vão receber mais 50 euros em 2020

O apoio directo do Governo Regional às bordadeiras vai aumentar até 50 euros já no próximo ano, ou seja, cada uma irá receber do executivo, em 2020, um cheque de 150 euros. A garantia foi dada por Miguel Albuquerque durante uma cerimónia que visou premiar as 30 profissionais mais produtivas de 2019, num total de oito mil euros repartidos.

“O apoio directo às bordadeiras é uma forma muito importante de ajudar as profissionais e, sobretudo, o sector. No próximo ano, conforme foi nosso compromisso, iremos aumentar o apoio aos factores de produção. Queremos desenvolver esta arte ancestral, melhorá-la e modernizá-la, mas evidentemente a nossa principal preocupação é mantermos o sector com as profissionais em actividade e a única forma de conseguirmos fazê-lo é manter o apoio. No próximo ano esse apoio rondará os 150 euros por bordadeira”, referiu o presidente do Governo Regional, no Instituto do Vinho, do Bordado e do Artesanato da Madeira (IVBAM).

Investimento sobe para os 195 mil euros

Presente nesta cerimónia esteve também o secretário regional da Agricultura e Desenvolvimento Rural, Humberto Vasconcelos, que enalteceu este género de iniciativa pela valorização que confere às bordadeiras e ao sector. Já a verba a canalizar para esta arte passará, com o reforço no apoio do executivo, de 130 para 195 mil euros anuais.

“É um evento anual que nós fazemos onde classificamos o que consideramos o melhor bordado do ano. Demos um primeiro prémio de 360 euros à bordadeira vencedora e entregámos um segundo e terceiro prémio de 310 euros. Os restantes 260 euros foram distribuídos às outras 27 bordadeiras. Isto é muito importante para incentivar à qualidade do bordado da Madeira, para que as bordadeiras estejam permanentemente a melhorar o seu trabalho e notamos que elas sentem um grande entusiasmo, nesta altura, por essa valorização”, mencionou Humberto Vasconcelos, não esquecendo o universo de 1.300 profissionais.

“Para além destas ajudas, durante o ano demos cerca de 130 mil, onde apoiámos 1.300 bordadeiras com uma verba de 100 euros a cada bordadeira, também como incentivo ao custo de produção do bordado. Para o ano vamos aumentar esse apoio até 50 euros. Estamos a criar uma forma de apoio, com as bordadeiras que bordam mais a receber um valor superior para incentivar à manutenção do bordado e ajudando muito a um sector que tem as suas dificuldades naturais para a comercialização”, vincou.

DN Madeira

Redes Sociais - Comentários

Fonte
DN Madeira
Tags
Mostrar mais

Artigos relacionados

Back to top button

DONATE NOW

Close
Close