Madeira

Albuquerque admite retracção económica na Madeira devido ao novo coronavírus

Miguel Albuquerque admite que a economia da Região Autónoma da Madeira sofra uma retracção devido ao impacto do novo coronavírus e espera que as empresas madeirenses sejam abrangidas pela linha de crédito anunciada ontem pelo primeiro-ministro.

O chefe do executivo madeirense referiu que conta com o apoio da República na linha de crédito que foi ontem anunciada pelo primeiro-ministro, António Costa, no valor de 100 milhões de euros para apoiar as empresas na Madeira que venham a sofrer os efeitos da epidemia.

Determinado a “não parar o crescimento económico”, admitiu que possa “haver alguma contracção, nem que seja pontual”, nomeadamente no Turismo que já teve repercussões no cancelamento de voos de Itália para o Porto Santo. Contudo, a expectativa de Albuquerque é que “o pico seja atingido rapidamente” de modo a recuperar no resto do ano.

Albuquerque falava no final da visita à empresa Unilift, sediada no Caniço, que facturou 2 milhões de euros em 2019 e emprega 11 colaboradores. A iniciativa insere-se no Roteiro da Economia, que tem levado o presidente do Governo Regional e o secretário regional da Economia, Rui Barreto, a visitar várias empresas. No final do périplo será elaborado um relatório com as sugestões dos empresários, que depois serão ponderadas e replicadas, as que forem consideradas viáveis, nos próximos orçamentos regionais.

A empresa Unilift candidatou, no âmbito do SI Funcionamento, três projectos ao IDE, para apoio a despesas de funcionamento da empresa. Os projectos foram já aprovados. Há, entretanto, uma quarta candidatura, ainda em análise pelo IDE.

A Unilift iniciou a sua actividade em Maio de 2002, dedicando-se inicialmente à venda de equipamentos e serviços de apoio logístico.

O negócio da empresa assenta na venda, aluguer, manutenção, reparação e certificação de operacionalidade de uma vasta gama de máquinas e equipamentos: porta paletes manuais e eléctricos, stackers, empilhadores, rack’s, proteções de segurança, portas rápidas, portas de segurança, cais niveladores, foles, monta-cargas, grupos geradores.

Além dos produtos e serviços atrás referidos, a UNILIFT tem como parceiros a IPLA, que realiza projectos e equipamentos automatizados para a Indústria Alimentar.

Possui ainda sobressalentes hidráulicos, fabricação de toda a espécie e qualidade de tubos, bem como sobressalentes pneumáticos.

A empresa tem ainda uma frota de viaturas completamente equipadas para acudir ao cliente, no local em que esteja o equipamento, garantindo assim a assistência.

Dispõe ainda de uma oficina equipada para todo o tipo de reparação, seja mecânica, chapa ou outra.

DN Madeira

Redes Sociais - Comentários

Fonte
DN Madeira

Artigos relacionados

Back to top button

DONATE NOW