Madeira

Acusado de 139.619 crimes de pornografia de menores julgado à porta fechada no Funchal

Teve início, esta manhã, no Juízo Central Criminal do Funchal (Edifício 2000), o julgamento de um homem de 36 anos que é acusado da prática de um crime de abuso sexual de crianças e de 139.619 crimes de pornografia de menores. Dada a natureza dos crimes, o juiz Filipe Câmara determinou que as audiências vão decorrer à porta fechada.

O homem, natural da Venezuela mas filho de pais madeirenses, está em prisão preventiva na cadeia da Cancela. O número elevado de crimes de que é acusado corresponde à quantidade de fotografias e vídeos envolvendo crianças e jovens em poses e actividades sexuais que a Polícia Judiciária encontrou no seu computador, telemóvel e discos de armazenamento.

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

DONATE NOW

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER