Madeira

8 anos de prisão para ex-emigrante madeirense condenado pelos crimes de pornografia e abuso sexual de menores

Um homem de 36 anos, natural da Venezuela mas filho de madeirenses, foi condenado, esta tarde, no Juízo Central Criminal do Funchal (Edifício 2000), a 8 anos de prisão, pela prática de um crime de abuso sexual de menores e um crime de pornografia infantil.

O arguido, que se encontra preso na cadeia da Cancela, era acusado da prática de um crime de abuso sexual de crianças e de 139.619 crimes de pornografia de menores, correspondendo este último número ao das fotografias e vídeos envolvendo crianças e jovens em poses e actividades sexuais que a Polícia Judiciária encontrou no seu computador, telemóvel e discos de armazenamento.

O julgamento teve início a 16 de Outubro e, dada a natureza dos crimes, o presidente do colectivo de juízes, Filipe Câmara, determinou que as audiências decorreriam à porta fechada.

DN Madeira

Redes Sociais - Comentários

Fonte
DN Madeira
Tags
Mostrar mais

Artigos relacionados

Back to top button

Close
Close