Madeira

10 milhões foram gastos em 16 Centros de Saúde

Dos 47 Centros de Saúde que o Serviço Regional oferece à população madeirense, “16 foram alvo de uma intervenção”, um investimento ultrapassou os “10 milhões de euros”, sublinhou o presidente do Governo Regional durante a visita que efectuou esta manhã na unidade da Calheta que ficará disponível dentro de seis meses, anunciou o governante.

Acompanhado pelos seus dois secretários regionais, Pedro Fino e Pedro Ramos, à entrada do edifício, questionou quantos estacionamentos o prédio iria ter. Albuquerque parecia estar a par de uma das preocupações dos comerciantes que têm estabelecimentos comerciais nos arredores e que já deram mostras de alguma preocupação justamente por temerem que os funcionários e utentes podem ocupar os lugares que existem retirando margem à clientela.

Ora, foi dito ao chefe do Executivo que a infra-estrutura orçada em mais de 3,3 milhões de euros, comparticipados pelo IDR em 85% e em 15% pela Misericórdia da Calheta terá apenas 20 lugares. O problema aumenta quando se sabe que serão cerca de 80 funcionários que poderão preencher os quadros desta unidade de tratamento.

“Temos de encontrar uma solução, sobretudo por causa das consultas. Vamos ver como se resolve”, afirmou tendo a seu lado o ex-vice-presidente da edilidade, Nuno Maciel que passou a ser deputado.

Albuquerque referiu ainda que as obras de requalificação do Centro de Saúde do Arco da Calheta vão arrancar “agora” tendo um custo aproximado de 500 mil euros.

Redes Sociais - Comentários

Tags
Mostrar mais

Artigos relacionados

Back to top button

Close
Close