Açores

Turismo ultrapassou os 2,3 milhões de dormidas em 2018

Na Região Autónoma dos Açores, no mês de Novembro, no conjunto dos estabelecimentos hoteleiros, turismo no espaço rural e alojamento local, as dormidas atingiram 114,8 mil dormidas, representando um acréscimo homólogo de 16,6%, revelou ontem o Serviço Regional de Estatística dos Açores (SREA).

Com estes dados, o SREA inicia a divulgação mensal conjunta dos seguintes meios de alojamento: estabelecimentos hoteleiros, turismo no espaço rural e alojamento local.

O inquérito ao alojamento local era realizado pela Direção Regional do Turismo, que recolhia as variáveis “dormidas” e “hóspedes” e que, posteriormente, transmitia regularmente esses dados ao SREA. A sua divulgação era feita trimestralmente com o objectivo de obter uma maior taxa de resposta.

 

Nova recolha de dados

O SREA, como Autoridade estatística, e dado o enorme e crescente número de estabelecimentos de alojamento local em atividade e a necessidade que se fazia sentir de mais informação, decidiu recolher mais variáveis no inquérito, nomeadamente os proveitos.

O SREA disponibilizou uma aplicação informática, “WebReg”, a qual permite às unidades de alojamento local responderem via on-line.

Durante o ano de 2018, a recolha foi feita conjuntamente pelo SREA e pela DRT, sendo transferida gradualmente para o SREA.

A partir do dia 1 de Novembro, a recolha passou a ser feita na totalidade pelo SREA, permitindo uma antecipação da divulgação conjunta dos meios de alojamento.

No entanto, ainda não é possível divulgar a taxa de variação homóloga da variável “proveitos”, dado que em 2017 não era recolhida.

A partir da divulgação dos dados com referência a Janeiro de 2019 será possível essa divulgação para os alojamentos locais com 10 e mais camas.

 

Mais 7,7% de dormidas de Janeiro a Novembro

De Janeiro a Novembro de 2018, no conjunto dos estabelecimentos hoteleiros (hotéis, hotéis-apartamentos, apartamentos turísticos e pousadas), do turismo no espaço rural e do alojamento local da Região Autónoma dos Açores registaram-se 2.389,6 mil dormidas, valor superior em 7,7% ao registado em igual período de 2017.

De Janeiro a Novembro, os residentes em Portugal atingiram cerca de 951,9 mil dormidas, correspondendo a um acréscimo homólogo de 7,8%; os residentes no estrangeiro atingiram 1.437,7 mil dormidas, registando um aumento em termos homólogos de 7,7%.

Neste período registaram-se 773,1 mil hóspedes, apresentando uma taxa de variação positiva de 9,9% relativamente ao mesmo período de 2017.

 

Pico é líder no crescimento

Em termos de variações homólogas acumuladas, de Janeiro a Novembro, todas as ilhas apresentaram variações homólogas positivas, destacando-se as ilhas do Pico, de São Jorge e da Terceira, com variações respetivamente de, 25,2%, 13,3% e 10,0%.

A ilha de S. Miguel com 1.588,2 mil dormidas concentrou 66,5% do total das dormidas, seguindo-se a Terceira com 362,0 mil dormidas (15,1%), o Faial com 166,8 mil dormidas (7,0%) e o Pico com 135,8 mil dormidas (5,7%).

Na Região Autónoma dos Açores, no mês de Novembro, os estabelecimentos hoteleiros registaram 88,3 mil dormidas, representando um acréscimo homólogo de 8,6%.

Os proveitos totais atingiram 3,4 milhões de euros e os proveitos de aposento 2,7 milhões de euros, correspondendo a variações homólogas, respetivamente, de 10,6% e 12,7%.

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

DONATE NOW

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER