Açores

Terceira exporta mais de um milhão de euros em próteas para a Holanda

As primeiras explorações de próteas na Terceira surgiram em 1997, dois anos depois começavam as exportações, tendo vindo sempre a crescer até que presentemente, a ilha já exporta, através da Fruter, cerca de dois milhões de astes de flores, correspondente a 1,133 milhões de euros.

Neste espaço de tempo a Fruter – Associação de Produtores de Frutas, de Produtos Hortícolas e Florícolas da Ilha Terceira – esforçou-se por dar apoio técnico, mandado vir especialistas que aconselharam os produtores em termos de técnicas de produção e estudaram as condições de clima e as melhores zonas da ilha para asseguram um maior rendimento.

Todas as próteas são exportadas para a Holanda, centro de recepção de flores de todo o mundo e daí, vendidas para todos os países através da rede de exportadores. Pela sua parte, a Fruter adquiriu equipamentos adequados, de acordo com as normas do centro de vendas, para manter as próteas em boas condições durante a viagem

No início existiam seis produtores nas freguesias de Porto Judeu, S. Sebastião e S. Bartolomeu, com cerca de 10 ha, hoje são já 22 produtores com actividade regular e as áreas também se foram alargando, atingindo já cerca de 2 milhões de flores e existem mais interessados na exploração.

Os responsáveis pela Fruter garantem que ainda há condições para aumentar a produção e a exportação, embora admitam que há necessidade de acrescentar a capacidade com mais uma linha de elaboração.

Segundo a Fruter, “difícil tem sido ultrapassar os constrangimentos nos transportes. No que toca ao transporte aéreo a capacidade de carga é limitada e por vezes não são respeitadas as necessidades de frio o que põe em causa a logística e a qualidade do produto. Relativamente ao transporte por via marítima a imprevisibilidade de saída e chegada dos contentores aos Portos é um dos maiores constrangimentos que temos”.

Acresce que, dizem, os preços praticados, tanto aéreos como marítimos, são extremamente exagerados, chegando a ser o dobro dos praticados pelas Canárias, concorrentes diretos dos Açores nesta actividade.

A Fruter, vende ainda banana, horto-frutícolas e mel para as ilhas dos grupos Central e Oriental.

As proteáceas são uma velha família, provavelmente um dos mais antigos grupos de plantas florais. Os cientistas supõem que na história recente da vida das plantas no planeta, os ancestrais do próteas de hoje terão vivido antes dos dinossauros. As proteáceas têm a sua maior representação ao longo da costa Sul da África do Sul, e da costa Sul-Sudoeste da Austrália. São conhecidas 329 variedades. Nem todas as espécies têm valor comercial.

Nos EUA esta flor começou a ser cultivada em S. Diego, na Califórnia, bem como em algumas propriedades de Santa Bárbara, mais tarde passou também a ser cultivada no Havai.

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER