Açores

Primeiro hidroavião açoriano doado à Horta

“31 de Julho de 1996, pelas 18h32: mais um acontecimento para a história da aviação do Faial, primeira amaragem do primeiro hidroavião dos Açores, no primeiro aeroporto comercial internacional dos Açores”. Foi assim que João Corvelo, ex-director do Aeroporto da Horta, registou a chegada à ilha do Faial, nessa data, do hidroavião Mini Catalina Petrel, cuja doação à cidade da Horta foi formalizada na passada sexta-feira, nos Paços do Município.

A doação surge no âmbito das comemorações dos 100 anos da primeira travessia aérea transatlântica, pelo hidroavião NC4 de Albert Read, que amarou no Aeroporto Marítimo da Horta, a 17 de Maio de 1919.

Para o presidente da Câmara Municipal da Horta, “com esta doação, queremos mostrar aos mais jovens a importância deste acontecimento para a ilha do Faial, pelo que agradecemos este gesto do senhor João Corvelo, uma pessoa que tem tido uma ligação pessoal e profissional ligada à aviação, e à sua família”.

A doação daquele avião anfíbio será também, segundo a autarquia, “uma oportunidade para potenciar conhecimento sobre um dos períodos mais importantes da história do concelho, ligado ao Porto e a à Baía da Horta”.

Por essa razão, “o Catalina vai ficar exposto no Terminal Marítimo para que fique ainda mais evidente a importância do nosso Porto, que foi também aeroporto ao longo do tempo”, disse José Leonardo Silva que revelou ainda que “já neste mês de março haverá escolas a visitar o Catalina e, dessa forma, poderem ampliar conhecimento sobre a nossa ilha”.

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

DONATE NOW

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER