Açores

Praça do Emigrante na Ribeira Grande em fase final

O monumento intitulado “Praça Saudades da Terra”, de homenagem aos emigrantes na cidade da Ribeira Grande, entrou na fase final, com a colocação ontem do globo em pedra.

Será uma praça com quase cinco mil metros quadrados, localizada à entrada da cidade da Ribeira Grande, num local com bastantes potencialidades, que “está por explorar”, próximo de um Centro de Arte Contemporânea, e a uma praia que também será reabilitada (Praia do Monteverde).

A obra foi adjudica à empresa de construção civil Albano Vieira, no valor de 280 mil e com um prazo de execução de sete meses.

Alexandre Gaudêncio, Presidente da autarquia, sublinhou durante a assinatura do contrato a importância da obra, que faz parte do Plano Integrado de Regeneração Urbana e que conta com apoios comunitários.

“Trata-se de uma praça que pretende homenagear os nossos emigrantes, principalmente os que partiram para o Canadá e Estados Unidos da América, cabendo aqui uma palavra especial ao Luís Silva, ex-Presidente da Associação dos Emigrantes Açorianos, que tem sido incansável na divulgação do projeto nas comunidades emigradas”, disse.

Para além disso, acrescentou Alexandre Gaudêncio, “há que valorizar a parceria com a mencionada associação no desenvolvimento do projecto e a dedicação da artista plástica Liliana Lopes.”

Localizada em frente ao Arquipélago – Centro de Artes Contemporâneas (avenida José Nunes da Ponte), a Praça do Emigrante terá aproximadamente 4000m2 e tem o intuito de homenagear todos os emigrantes que partiram em busca de melhores condições de vida. Apresenta três componentes: globo, pedra e mar.

O piso da praça simbolizará o mar, executado em calçada branca e basalto negro.

O globo, com quatro metros de diâmetro, revestido por calçada e basalto negro representará a Terra e a pedra onde assentará o globo representará a(s) ilha(s).

Recorde-se que grande parte do trabalho associado a esta empreitada, nomeadamente a construção do globo terrestre que será a peça central, já foi desenvolvido em armazém e está pronto a ser instalado assim que a obra no terreno estiver concluída.

Diário dos Açores

Redes Sociais - Comentários

Fonte
Diário dos Açores

Artigos relacionados

Back to top button

DONATE NOW