Açores

Postos de trabalho da conserveira Santa Catarina estão assegurados

O Governo dos Açores, através do Secretário Regional Adjunto da Presidência para os Assuntos Parlamentares, recordou ontem que a manutenção da fábrica Santa Catarina em São Jorge e a salvaguarda dos postos de trabalho, no âmbito do processo de alienação decorrente da reestruturação do Sector Público Empresarial Regional, está “anunciada há muito tempo”.

“É com perplexidade e surpresa que vemos o anúncio de uma proposta do Bloco de Esquerda para que o caderno de encargos do processo de alienação de parte do capital da empresa Santa Catarina salvaguarde a manutenção dos postos de trabalho e a manutenção da laboração da fábrica em São Jorge, tendo em conta que o Governo já afirmou isso publicamente por diversas vezes”, frisou Berto Messias.

“Esta proposta do BE surge tardiamente e é, no mínimo, estranha, tendo em conta que, além de todas as afirmações públicas que fizemos sobre este assunto, o Governo já respondeu a um requerimento referindo e cito: ‘no que concerne ao caderno de encargos, será salvaguardada a manutenção do nível de emprego, assim como a manutenção da fábrica na ilha de S. Jorge e a respectiva marca’”, acrescentou.

O Secretário Regional, no âmbito de um debate parlamentar realizado em Janeiro, já tinha referido que o Governo dos Açores “não abdica desses princípios neste processo de alienação”. “Temos todos a obrigação de qualificar a Democracia e de não confundir, alarmar ou enganar as pessoas para daí retirar dividendos político-partidários, sobretudo quando em causa estão empregos e uma empresa tão importante para a ilha de S. Jorge”, sublinhou Berto Messias, salientando que “esta proposta do BE é politicamente oportunista e um mau contributo deste partido para um debate político sério e responsável”.


Autor(a):
Fonte:

Redes Sociais - Comentários

Fonte
Diário dos Açores
Tags
Mostrar mais

Artigos relacionados

Back to top button

Close
Close