Açores

Ponta Delgada assinala 473 anos

O 473.º aniversário da cidade de Ponta Delgada vai ser assinalado na próxima Terça-feira, 2 de Abril, com diversos eventos. Destaque para a atribuição da Medalha de Mérito Municipal a três cientistas de Ponta Delgada: Alexandre Linhares Furtado, António Frias Martins e Victor Hugo Forjaz.

A cerimónia de entrega oficial das três Distinções Honoríficas Municipais, com intervenção de Conceição Tavares, está agendada para as 18h00 no Salão Nobre dos Paços do Concelho. Este ano o Município de Ponta Delgada decidiu valorizar e projectar a área determinante da investigação empreendida a partir de Ponta Delgada como contributo estratégico dos Açores para Portugal e para o Mundo, reconhecendo personalidades marcantes, associadas à cidade, que se notabilizaram por diferentes caminhos da investigação científica.

O médico Alexandre José Linhares Furtado (1933) foi o autor do primeiro transplante renal realizado em Portugal e da primeira colheita de rins de cadáver, impulsionador do programa de transplantação hepática pediátrica, que originou a optimização de novas técnicas a nível mundial, e introdutor de terapêuticas médicas complementares ou neoadjuvantes na área oncológica.

António Manuel de Frias Martins (1946), biólogo, Professor Jubilado da Universidade dos Açores, especializado em Sistemática e Evolução de Moluscos, foi presidente da Associação Mundial de Malacologia e coordenador do Pólo Açores do Centro de Investigação em Biodiversidade e Recursos Genéticos. Organizou o Congresso Mundial de Malacologia em Ponta Delgada e é presidente da Sociedade Afonso Chaves.

Victor Hugo Lecoq de Lacerda Forjaz, vulcanólogo, Professor Jubilado da Universidade dos Açores, especializado em Riscos Geológicos e Vulcanológicos e em Ciências Geotérmicas, foi cofundador da International Society of Planetology e fundador do Instituto de Geociências dos Açores. Foi director do Programa Geotérmico dos Açores. É presidente do Observatório Vulcanológico e Geotérmico dos Açores.

O aniversário da cidade açoriana vai ser assinalado com outros eventos de carácter cultural e distintivo. Às 10h30, na Escola Básica Integrada Roberto Ivens, tem lugar o lançamento do livro infanto-juvenil “À Descoberta de Ponta Delgada” de Maria João de Figueiroa Rego e Luís Anglin. Às 12h00, será descerrada a placa toponímica da “Rua Fátima Sequeira Dias”, com intervenção de Leonor Sampaio da Silva, em São Gonçalo (no arruamento a norte do campus universitário, freguesia de São Pedro). Às 13h00, no Largo da Matriz de São Sebastião, actua a Banda da Zona Militar dos Açores, dirigida pelo maestro Hélio Soares. Às 16h00, vai ser lançado, no Auditório do Centro Cívico de Santa Clara, o Guia Digital de Informação Toponímica da Cidade de Ponta Delgada pela Comissão Municipal de Toponímia, Distinções Honoríficas e Património Cultural.

No Campo de São Francisco, freguesia de São José, vai ter lugar a apresentação do arranjo de dignificação do “Banco de Antero”, com participação literária de alunos da Escola Secundária Antero de Quental. Após a sessão de atribuição das Medalhas de Mérito Municipal, descrita anteriormente, e pelas 21h00, a Igreja do Colégio dos Jesuítas acolhe o concerto “O Barroco de Dom Magnânimo” pelo Concentus Per Tempora – Ensemble.

Os sete eventos promovidos pela Câmara Municipal de Ponta Delgada para assinalar o 473.º aniversário de elevação a cidade são de acesso livre.


Autor(a):
Fonte:

Redes Sociais - Comentários

Fonte
Diário dos Açores
Mostrar mais

Artigos relacionados

Back to top button

Close
Close