Açores

Nove pessoas tiveram de ser realojadas na ilha Terceira

Foram registadas pelo menos 36 ocorrências em várias ilhas na sequência da forte precipitação que se fez sentir no arquipélago, este domingo, dia 16 de Junho. A ilha mais afectada foi a Terceira, onde nove pessoas tiveram de ser realojadas.

Segundo avançou o Serviço Regional de Protecção Civil e Bombeiros dos Açores (SRPCBA), das 36 ocorrências, 33 ocorreram na ilha Tercei- ra, das quais 30 no concelho de Angra do Heroísmo, sobretudo inundações de habitações e de vias, transbordos de cursos de água e quedas de árvore, e as restantes três no concelho da Praia da Vitória.

Já na ilha de São Jorge, verificou-se uma derrocada de pequena dimensão no concelho da Calheta, que obstruiu a via de acesso à Fajã dos Cubres, situação prontamente resolvida.

No Grupo Oriental, registou-se a queda de uma árvore em São Miguel e a queda parcial da estrutura de uma unidade hoteleira que estava em reparação na ilha de Santa Maria.

O SRPCBA informou que, na zona oeste da ilha Terceira, entre as freguesias de São Bartolomeu e das Doze Ribeiras, houve necessidade de realojar nove pessoas, situação resolvida pelo Serviço Municipal de Protecção Civil de Angra do Heroísmo e pelo Instituto de Segurança Social dos Açores. Grande parte das ocorrências registadas foram “prontamente re- solvidas” pelos bombeiros de Angra do Heroísmo, com a colaboração dos bombeiros da Praia da Vitória, pelo Serviço Municipal de Protecção Civil de Angra do Heroísmo, Direcção Regional das Obras Públicas (DROP), sob a coordenação do Serviço Regional de Protecção Civil e Bombeiros dos Açores.

Já no dia de ontem, as condições meteorológicas nos grupos central e oriental registaram melhorias, sem se terem registado ocorrências. Fonte do SRPCBA salientou que “o estado do tempo melhorou nas últimas horas, não se tendo registado chuva for- te”.

Em comunicado no Domingo à noite, o Governo dos Açores, dizia que as secretarias regionais da Solidariedade Social, dos Transportes e Obras Públicas e da Energia, Ambiente e Turismo estavam a acompanhar as ocorrências resultantes do período de forte precipitação que se fez sentir no arquipélago.

“A Secretaria Regional da Solidariedade Social, através do Instituto de Segurança Social dos Açores (ISSA) e em conjunto com o Serviço Municipal de Proteção Civil de Angra do Heroísmo, acompanhou as nove pessoas com necessidade de realojamento na zona oeste da ilha Terceira”, é referido.

Na nota, é também indicado que a Direcção Regional da Habitação também esteve de prevenção, sendo informada pelo Serviço Municipal da necessidade de intervenção nos casos de inundações em habitações.

A situação esteve também a ser acompanhada pela Secretaria Regional dos Transportes e Obras Públicas, através da Direcção Regional das Obras Públicas e Comunicações (DROPC), com a presença no terreno de 20 operacionais, quatro viaturas e uma máquina. A Secretaria Regional da Energia, Ambiente e Turismo, através dos serviços da Direcção Regional do Ambiente, avançou ter estado a acompanhar todas as situações reportadas ao Serviço Regional de Protecção Civil e Bombeiros dos Açores.

Redes Sociais - Comentários

Fonte
Diário dos Açores
Tags
Mostrar mais

Artigos relacionados

Back to top button

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER

Close
Close