Açores

“Não vamos investir sozinhos no cabo submarino para Açores e Madeira”

O Presidente da Altice Portugal, Alexandre Fonseca, garantiu que não vai investir sozinho na criação de novos cabos submarinos, apesar de estar disponível “para trabalhar junto dos consórcios que eventualmente se venham a criar”, refere o Jornal Económico da Madeira.

Ao mesmo tempo, refere que não está em causa um desinvestimento por parte da multinacional.

Alexandre Fonseca deixou claro que a Altice é a operadora de telecomunicações que mais investe neste cabo, e que, apesar de ser uma empresa 100% privada, continua a investir “por uma responsabilidade moral”.

Simultaneamente, o responsável pela multinacional critica a postura do regulador das telecomunicações, a ANACOM, por uma “redução sucessiva nos custos do CAM (Continente- Açores-Madeira – cabo submarino), que hoje, comparativamente há três anos, foi de 87%”.

A justificação do regulador para a baixa de preço no CAM foi para permitir que na Madeira houvesse uma baixa de preços ao consumidor, através da entrada de outros operadores que possam fazer investimentos na Região.

“Eu pessoalmente não tenho visto nem a redução dos preços, nem a entrada de novos operadores”, aponta Alexandre Fonseca.

“Se baixamos o preço e não há contrapartida, a margem dos outros operadores aumenta e a minha diminui”,rematou.

O responsável pela Altice afirma que os cabos submarinos que estão implementados aguentam até mais dez anos a funcionar.

Redes Sociais - Comentários

Fonte
Diário dos Açores
Tags
Mostrar mais

Artigos relacionados

Back to top button

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER

Close
Close