Açores

GR aposta em carros eléctricos

A Secretária Regional da Energia, Ambiente e Turismo sublinhou o empenho do Governo dos Açores no desenvolvimento sustentável com o objectivo de fomentar uma economia de baixo carbono, dotando os Serviços de Ambiente de Ilha de viaturas eléctricas.

“Este é mais um passo no Quadro de uma estratégia que estamos a implementar nos Açores, fazendo com que, neste momento, sejam já 10 as viaturas eléctricas em funcionamento nos Serviços de Ambiente dos Açores”, frisou Marta Guerreiro, que falava em Santa Cruz da Graciosa, na entrega de um veículo eléctrico ao Parque Natural de Ilha.

A titular da pasta do Ambiente salientou que esta entrega se enquadra “no âmbito do programa de mobilidade eléctrica dos Serviços de Ambiente, tendo a Direcção Regional alocado estas viaturas, essencialmente, ao corpo de Vigilantes da Natureza”.

“Queremos promover a massificação do veículo eléctrico, uma vez que, através destes veículos, é possível termos deslocações de forma segura, confortáveis e a baixo custo, ao mesmo tempo que assumem um papel activo na redução das emissões de gases com efeito de estufa para a atmosfera”, frisou a governante.

Para Marta Guerreiro “é importante que todos sejam conhecedores dos impactos positivos que os veículos eléctricos podem trazer também à operação do sistema eléctrico dos Açores, bem como a potencial sinergia com a produção de electricidade a partir de fontes de energia renováveis e endógenas, fazendo com que a mobilidade eléctrica seja actualmente o meio mais eficaz para a promoção da sustentabilidade no sector dos transportes terrestres, sem recurso a combustíveis fósseis”.

A Secretária Regional recordou que uma das “apostas prioritárias” do Executivo é o fomento da mobilidade elétrica, “que dotará todos os concelhos açorianos de uma rede pública de 26 postos de carregamento para veículos eléctricos robusta e segura, entre 2019 e 2020”.

Esta rede de pontos de carregamento abrange todos os concelhos do arquipélago, salvaguardando a cobertura integral e equilibrada de todas as ilhas, para além de satisfazer as necessidades dos aglomerados populacionais mais afastados dos centros urbanos e tendo em consideração os movimentos pendulares e os fluxos turísticos.

Redes Sociais - Comentários

Artigos relacionados

Back to top button

DONATE NOW

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER