Açores

Francisco César defende que trabalhos parlamentares devem adaptar-se

O Presidente do Grupo Parlamentar do PS/Açores defendeu que a Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores não deve parar.

“No caso do Parlamento dos Açores, primeiro órgão da nossa Autonomia, não paramos, adaptamo-nos. Não deixamos, por um momento, de exercer as nossas funções, até as acentuamos: fiscalizando a actividade do Governo, nas comissões sectoriais, na comissão permanente e em contactos permanentes com o Governo dos Açores”, referiu o socialista.

Francisco César, que falava Quarta-feira na Comissão Permanente que reuniu por videoconferência, garantiu que o PS/Açores também não se esquece “dos investidores, das empresas de restauração, de hotelaria, de comércio e dos trabalhadores (…) que necessitam, após esta paragem abruta da função económica, de um apoio rápido, não burocrático e eficaz, do seu Governo e do Parlamento, para ajudar à sua sobrevivência”.

Para o socialista, a situação que vivemos, “antes de melhorar, irá certamente piorar” e os deputados devem, “não abdicando das nossas funções”, dar o exemplo: “Esqueçamos a política partidária, o proveito mediático, as eleições e as nossas divergências momentâneas e ideológicas, para nos unirmos com um único objectivo: que possamos ultrapassar esta tormenta juntos”.

Diário dos Açores

Redes Sociais - Comentários

Fonte
Diário dos Açores
Tags
Mostrar mais

Artigos relacionados

Back to top button

DONATE NOW

Close
Close