Açores

Estilista açoriano é o novo director criativo da Kenzo

O açoriano Felipe Oliveira Baptista, que ficou conhecido por ter estado à frente da parte criativa da marca Lacoste – onde esteve entre 2010 e 2018 –, deu mais um passo em frente na sua carreira internacional: foi escolhido para ocupar o cargo de director criativo da Kenzo.

Segundo a revista Vogue, a decisão coube ao grupo Louis Vuitton Moët Hennessy (LVMH), empresa que detém a marca Kenzo. Para o Presidente da LVMH, Sidney Toledano, “o talento de Felipe Oliveira, como designer, o seu domínio do vestuário e suas raízes pessoais, com origem em culturas muito distintas”, constituem “activos reais para dar uma nova energia criativa à Casa Kenzo”.

Felipe Oliveira Baptista nasceu na ilha Terceira, é licenciado pela Universidade de Kingston e viveu até aos 18 anos em Lisboa.

Aos 35 anos, em 2010, o estilista substituiu o designer francês Christophe Lemaire no cargo de director criativo da Lacoste. Agora, como responsável pela criatividade da Kenzo, o açoriano sucede a Carol Lim e Humberto Leon, dupla cuja última colecção foi apresentada há apenas uma semana.

“O que nos fez escolher o Felipe em relação a outros candidatos foi o facto de ele ter uma abordagem artística global”, explica Sylvie Colin, CEO da Kenzo, em declarações ao jornal de moda WWD.

A responsável adianta ainda que Felipe Oliveira Baptista apresenta uma visão criativa de 360º e que irá supervisionar a direcção artística a nível global, liderando tanto o desenvolvimento das colecções como a comunicação da insígnia de moda.

Redes Sociais - Comentários

Fonte
Diário dos Açores
Tags
Mostrar mais

Artigos relacionados

Back to top button

Close
Close