Açores

Diocese de Angra vai criar uma comissão de acompanhamento de menores

A Diocese de Angra vai constituir uma comissão de prevenção e acompanhamento para a protecção de menores, seguindo as indicações do Papa Francisco, anunciou o portal “Igreja Açores”.

O bispo diocesano, D. João Lavrador, presidiu a uma reunião preliminar com o propósito “definir a metodologia de trabalho” e a forma como irá funcionar mas a sua composição ainda não ser “divulgada” já.

A futura equipa vai ser constituída por médicos, juristas, professores, psicólogos e um assistente sacerdote oriundos das “três principais ilhas” do Arquipélago dos Açores: São Miguel, Terceira e Faial.

Com a comissão de prevenção e acompanhamento em ordem à protecção de menores a Diocese de Angra dá “cumprimento ao compromisso assumido” pelos bispos portugueses na assembleia plenária da Conferência Episcopal Portuguesa (29 de Abril – 2 de Maio) e às orientações do Papa, contextualiza o portal Igreja Açores.

“Os bispos comprometem-se a criar instâncias de prevenção e acompanhamento em ordem à protecção de menores nas suas dioceses e a actualizar as directrizes aprovadas pela Conferência Episcopal em 2012, tendo em conta as orientações da Santa Sé”, lê-se no comunicado final da 196.a Assembleia Plenária.

O Papa Francisco determinou que todas as dioceses católicas devem criar estruturas para receber denúncias de eventuais casos de abusos sexuais, até 2020, no ‘Motu Proprio’ (documento de sua iniciativa pessoal) ‘Vos estis lux mundi’ (Vós sois a luz do mundo), publicado a 9 de Maio.

Redes Sociais - Comentários

Fonte
Diário dos Açores

Artigos relacionados

Back to top button

DONATE NOW

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER