Açores

Diocese de Angra disponibiliza Clínica do Bom Jesus

A Diocese de Angra vai disponibilizar a Clínica do Bom Jesus, em Ponta Delgada, para dar um apoio complementar ao Serviço Regional de Saúde no tratamento da pandemia da Covid-19.

“Dada a situação difícil por que passam os serviços de saúde na região, a Diocese de Angra disponibiliza a Clínica do Bom Jesus para o apoio complementar ao Serviço Regional de Saúde, dentro das suas capacidades, bem como outras instalações em regime de alojamento, para os profissionais de saúde em exercício que desejem ou delas tenham necessidade”, adiantou o vigário geral, Hélder Fonseca Mendes, em comunicado de imprensa, citado pelo sítio Igreja Açores.

Segundo o cónego da Diocese de Angra, a disponibilidade e ocupação da clínica “será coordenada pela vigararia geral, dentro das possibilidades em cada vigararia territorial, durante o período da crise”.

Hélder Fonseca Mendes apelou para a “serenidade e responsabilidade” dos açorianos, pedindo que respeitem “integralmente” as orientações das autoridades de saúde.

“Prestamos a nossa solidariedade e oração por todos os doentes já declarados para que em breve trecho obtenham a graça da cura e acompanhamos na fé e na esperança a situação de todos os que estão em expectativa dos resultados médicos ou que se venham a encontrar nesta situação”, referiu.

As missas estão suspensas nos Açores desde segunda-feira e a Diocese de Angra pede para que se respeitem as normas emitidas para os funerais.

“Como os funerais se revestem de uma especial sensibilidade para as famílias e comunidades, solicitamos que se respeitem as normas emitidas pela autoridade de saúde e reafirmadas pela diocese. Que se limite ao mínimo de tempo, a uma breve oração de sufrágio e com um número limitado de pessoas”, salientou o vigário geral.

Hélder Fonseca Mendes lembrou ainda que a renúncia quaresmal, que reverte a favor das obras de recuperação da Igreja do Capelo, na ilha do Faial, parcialmente destruída por um incêndio no início deste ano, será recolhida na primeira missa que se realizar após a suspensão.

Lusa

Redes Sociais - Comentários

Fonte
Lusa

Artigos relacionados

Back to top button

DONATE NOW