Açores

Autoridade de Saúde Regional vai redefinir o caso suspeito

A Autoridade de Saúde Regional vai introduzir novamente o critério epidemiológico para a definição do caso suspeito.

Tiago Lopes, responsável pela Autoridade de Saúde Regional, disse esta terça- feira, em conferência de imprensa, que vai ser redefinido o caso suspeito por possível infeção pelo novo coronavírus na Região: “Vamos introduzir novamente o critério epidemiológico, atendendo ao que é a situação epidemiológica neste momento na Região em que não identificamos casos positivos nas últimas semanas”.

A introdução do critério epidemiológico é para “diferenciar, sobretudo, aqueles que chegam à Região e que proveem de áreas de transmissão local”.

Refira-se que durante o mês março, o critério epidemiológico era integrante na definição de caso suspeito provocado pelo novo coronavírus.

O também diretor regional da Saúde, explicou que nas últimas 24 horas foram identificados três casos suspeitos, um deu resultado negativo e os outros dois aguardam colheita ou análise, todos de São Miguel.

“Das 943 pessoas que foram identificadas para rastreio, 271 tiveram resultado negativo e 574 aguardam por colheita ou análise”, disse Tiago Lopes, acrescentando que “até ao momento há dois casos suspeitos na Região e mantemos 63 pessoas em vigilância ativa”.

Até ao momento, foram detetados nos Açores um total de 146 casos de infeção, verificando-se 128 recuperados, 16 óbitos e dois casos positivos ativos, ambos na ilha de São Miguel.

Lusa

Redes Sociais - Comentários

Fonte
Lusa

Artigos relacionados

Back to top button

DONATE NOW