Açores

Autarquias diminuíram despesas em actividades culturais

Em 2018, as despesas das Câmaras Municipais do país em actividades culturais e criativas ascenderam a 469,8 milhões de euros, mais 19,7 milhões de euros (+4,4%) que no ano anterior.

Segundo dados do INE revelados ontem, do total das despesas em actividades culturais e criativas realizadas, 88,3% foram despesas correntes e 11,7% despesas de capital.

No ano anterior, essa repartição tinha sido 86,9% e 13,1%, respectivamente.

Considerando as despesas realizadas em 2018 por domínios e subdomínios evidenciaram-se as afectas às Actividades interdisciplinares, com 132,4 milhões de euros, em que metade (50,0%) foram destinadas ao Apoio a entidades culturais e criativas e 22,5% à Administração geral.

As regiões com acréscimos nas despesas em actividades culturais e criativas em relação a 2017 foram: Região Autónoma da Madeira (+16,3%), Área Metropolitana de Lisboa (+5,4%), Centro e Alentejo (+5,2% cada) e Norte (+3,8%). Na Região Autónoma dos Açores e no Algarve, as despesas dos municípios nas actividades culturais e criativas diminuíram 2,1% e 0,6%, respectivamente.

Mesmo assim, maior fatia é nos Açores

As Artes do espectáculo absorveram 122,1 milhões de euros (mais 7,2 milhões de euros relativamente ao ano anterior), destacando-se os espectáculos de Música (34,2%) e o Teatro (15,4%).

Para a Construção e manutenção de recintos de espectáculos foram aplicadas 14,3% das despesas desse domínio.

Da verba atribuída ao Património cultural (95,0 milhões de euros), 55,1% financiaram as despesas dos Museus e 18,9% destinaram-se aos Monumentos, centros históricos e sítios protegidos.

Às Bibliotecas e arquivos foram atribuídos 72,4 milhões de euros: 78,2% às Bibliotecas e 20,0% aos Arquivos.

No total das Câmaras Municipais, as despesas em actividades culturais e criativas representaram 5,7% na despesa realizada em 2018. O conjunto dos municípios da Região Autónoma dos Açores, Alentejo e Centro destinaram maior proporção da despesa municipal às actividades culturais e criativas: 7,7%, 7,6% e 6,2%, respectivamente.

Essa proporção foi menor nos municípios da Região Autónoma da Madeira (4,0%), Área Metropolitana de Lisboa (5,0%), Norte (5,2%) e Algarve (5,7%).

Diário dos Açores

Redes Sociais - Comentários

Fonte
Diário dos Açores

Artigos relacionados

Back to top button

DONATE NOW

 

Quer receber a edição semanal e as newsletters editoriais no seu e-mail?

 

Mais próximo. Mais dinâmico. Mais atual.
www.mileniostadium.com
O mesmo de sempre, mas melhor!

 

SUBSCREVER