Açores

Atlântico começa a navegar a 23 de março

A Atlânticoline, S.A. apresentou na Bolsa de Turismo de Lisboa, as principais directrizes da operação da empresa para a época alta que se inicia já no mês de Maio. Sob o lema “navegamos juntos nos Açores”, a Atlânticoline norteou as suas preocupações no desenho da operação em torno das principais necessidades da população residente e do sector do turismo.

Assim, no que às ligações regulares diz respeito (ilhas do Triângulo e grupo ocidental), a principal preocupação é permitir a intermodalidade do transporte marítimo com o transporte aéreo e o rodoviário. Já no que diz respeito à operação sazonal, que liga todas as ilhas durante o Verão, em 2019 a empresa quis reforçar a aposta no conforto dos passageiros, com a eliminação dos transbordos e a preferência por viagens nocturnas nos trajectos mais longos (São Miguel/Terceira e Faial/ Flores).

Há ainda um esforço adicional no sentido de adequar a oferta, em cada momento, às dezenas de festividades de Verão que acontecem na Região. A operação sazonal arranca a 23 de Maio, com uma ligação entre São Miguel, Terceira e Faial, e prolonga-se até 29 de Setembro. No âmbito desta operação, que ligará todas as ilhas do arquipélago, a Atlânticoline irá efectuar o fretamento de duas embarcações de maior porte, como vem sendo habitual: o Azores Express, navio ro-pax convencional com capacidade para 650 passageiros e 160 viaturas, e o high speed Megajet (650 passageiros e 110 viaturas), este último de regresso aos Açores depois de ter assegurado a operação em 2018.

Ambos os navios estão equipados com bares, sendo que o Azores Express apresenta também serviço de restauração, bem como 10 camarotes. Foram também apresentadas as tarifas e produtos promocionais que estarão em vigor na época alta. Destacam-se o Sea Pass, que permite a aquisição de quatro viagens à escolha por 80€ e 50% de desconto no transporte da viatura, o PackFamily, com 25% de desconto para as famílias, e ainda preços especiais para escapadinhas a Santa Maria e Terceira e para as viagens à ilha das Flores.

O website da empresa também apresenta várias melhorias, facilitando o processo de reserva e tornando-se mais intuitivo para o utilizador. Nesta linha, foi também desenvolvida uma aplicação móvel, já disponível para download, que permitirá, entre outras coisas, ter acesso a notificações em tempo real e consultar a posição dos navios.

Durante esta apresentação, foi também dado a conhecer o novo ferry que substituirá o navio Mestre Simão na operação regular, e que se prevê que entre em funcionamento já no último trimestre deste ano. O navio, actualmente em construção pelos Astilleros Armon, terá capacidade para 333 passageiros e 15 viaturas. Com 41,2 metros de comprimento, destaca-se por ter a rampa ro-ro reforçada em aço, o que permitirá o transporte de viaturas até 5 toneladas.

Redes Sociais - Comentários

Fonte
Diário dos Açores
Tags
Mostrar mais

Artigos relacionados

Back to top button

DONATE NOW

Close
Close