África

Cinco pessoas queimadas vivas por suspeitas de serem traficantes de órgãos

Residentes do distrito do Cuamba, província de Niassa, norte de Moçambique, lincharam na quarta-feira cinco funcionários de uma empresa mineira.

“Populares enfurecidos dirigiram-se a um acampamento de uma mineração de nome Gems Group e atearam fogo”, disse Alves Mate, porta-voz da Polícia da República de Moçambique (PRM) no Niassa.

O ataque aconteceu pelas 10:00 e a população levou os homens, um dos quais segurança e outros quatro trabalhadores da mineração, todos moçambicanos.

“Agrediram, lincharam, queimaram-nos vivos”, acrescentou o porta-voz da PRM.

Leia mais em JN
Autor(a):
Fonte:

Redes Sociais - Comentários

Tags
Mostrar mais

Artigos relacionados

Back to top button

Close
Close