Noite das francesinhas na Casa dos Poveiros

Views: 182
Avelino Teixeira

Fundada a 4 de novembro de 1986, a Casa dos Poveiros realizou no sábado 3 de fevereiro mais uma “Noite das Francesinhas”, um prato típico nortenho celebrado num evento que teve início há seis anos. Geralmente acorre ao delicioso manjar à volta de duas centenas de pessoas, mas desta vez devido ao mau tempo que se fazia anunciar, infelizmente a sala não se encheu. Foi um pesar porque o ambiente era acolhedor, com música da casa ao cuidado de Cindy da Ponte, natural de S. Miguel, Açores.
À entrada estava Fernanda Marques, Presidente do Concelho Fiscal, com um sorriso franco saudando os convivas que chegavam e cobrando-lhes o dinheiro dos bilhetes. Parecia conhecê-los pelo seu próprio nome.
Linda Correia, Presidente do Executivo, embora atarefada com a venda dos bilhetes para as bebidas e mais tarde com o serviço à mesa, disponibilizou-se para uma entrevista para o programa “Ecos De Toronto” da Camões Rádio, transmitido aos domingos entre as quatro e as cinco horas da tarde, dizendo que um dos seus planos é restabelecer os grupos folclóricos Infantil e Junior, que em tempos foram parte integrante das atividades poveirenses em Toronto e que são importantes para manter as tradições. Tem uma grande esperança que tal acontecerá, “apenas há que dar tempo”. Contou ainda que a “Noite da Francesinha” surgiu depois de Nuno Alves, ensaiador do Rancho Folclórico, ter tido a oportunidade de experimentar uma francesinha durante uma visita à zona norte de Portugal. Ficou de tal forma agradado que desde então a Casa dos Poveiros decidiu dedicar uma noite a essa especialidade gastronómica, que mais tarde se tornaria um sucesso.
A Francesinha é um prato típico e originário da cidade do Porto. Tem forma de uma sandes de pão de fatia branco com linguiça, salsicha, fiambre, carnes frias e bife de carne de vaca. É coberta com queijo derretido, molho à base de tomate, cerveja e piri-piri. Se se preferir pode ainda ser acompanhada por um ovo e batata frita. No entanto foi-me dito que o molho da Casa dos Poveiros é feito com ingredientes secretos. Quais serão!?
Diz-se existir variedades de francesinhas algumas delas feitas com cogumelos, carne de galinha, bacalhau, Atum, vegetais e muitos outros ingredientes, e que em 1960 uma delas surgiu na Póvoa do Varzim, num snack-bar chamado Passeio. Seja como for, do Porto ou da Póvoa, sejam quais forem os ingredientes, não percamos a oportunidade de provar esta especialidade quando houver outra “Noite da Francesinha” na Casa dos Poveiros, e de nos divertirmos com aquela gente simples e acolhedora. Vale a pena!
O evento tinha o patrocínio da Caldense Bakery, Távora Foods e Talho Rui Gomes. Bem hajam!

Comments: 0

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.