Guiné-Bissau festeja mais um aniversário da independência

Views: 246

Por: Francisco Pegado

 

O povo guineense está de parabéns. Há 44 anos, o sonho do fundador da Nação guineense, Amílcar Cabral, se transformou em realidade.

O primeiro navegador e explorador europeu a chegar à costa da actual Guiné-Bissau foi o

Português Nuno Tristão, em 1446. A colonização só tem início em 1558, com a fundação da vila de Cacheu. A princípio somente as margens dos rios e o litoral foram exploradas. A colonização do interior só se dá a partir do século XIX. No século XVII, foi instituída a Capitania – Geral da Guiné Portuguesa. Mais tarde, durante o Estado Novo de Salazar, a colónia passaria a ter o estatuto de Província Ultramarina, com o nome de Guiné Portuguesa. A vila de Bissau foi fundada em 1697, como fortificação militar e entreposto de tráfico de escravos. Posteriormente elevada a cidade, tornar-se-ia a capital colonial, estatuto que manteve após a independência da Guiné-Bissau.

Guiné-Bissau, oficialmente República da Guiné-Bissau, é um país da África Ocidental

que faz fronteira com o Senegal ao Norte, Guiné ao Sul e ao Leste com o Oceano Atlântico a Oeste. O território guineense abrange 36.125 quilómetros quadrados de área, com uma população estimada de 1,6 milhão de habitants e possui uma herança cultural bastante rica e diversificada. A cultura varia de etnia para etnia, exprimindo-se na diferença linguística, na dança, na expressão artística, na profissão, na tradição musical e até nas manifestações culturais. A dança é, contudo, uma verdadeira expressão artística dos diferentes grupos étnicos.

 

Você sabia  ?

Guiné-Bissau, foi a primeira colónia portuguesa no continente africano a ter a independência reconhecida por Portugal.

Guiné-Bissau fazia parte do Reino Gabu, bem como parte do Império Mali.Partes deste reino persistiram até o século XVIII, enquanto algumas outras estavam sob domínio do Império Português desde o século XVI. No século XIX, a região foi colonizada e passou a ser referida Guiné Portuguesa. Após a independência, declarada em 1973 e reconhecida em 1974, o nome de sua capital, Bissau, foi adicionada ao nome do país para evitar confusão com a Guiné (a antiga Guiné Francesa).

Além do território continental, o país integra cerca de oitenta ilhas que constituem o arquipélago dos Bijagós, separado do Continente pelos canais do rio Geba, Pedro Álvares, Bolama e Canhabaque. O Arquipélago dos Bijagós faz parte da Guiné-Bissau é

E constituído por 88 ilhas situadas ao largo da costa africana, compondo uma área protegida, classificadas pela UNESCO em 1996 como reserva da biosfera.

A música da Guiné-Bissau é denominada de “gumbé“.

Um provérbio polular da Guiné Bissau: Un son mon ka ta toka palmu (uma mão sozinha não bate palmas)

UNIDADE LUTA E PROGRESSO  Parabéns Guiné-Bissau.

Vamos celebrar a Guine-Bissau com o poema do poeta e ativista político Guinense, Vasco Cabral .

 

Onde está a poesia?

A poesia está nas asas da aurora
quando o sol desperta.

A poesia está na flor
quando a pétala se abre
às lágrimas do orvalho.

A poesia está no mar
quando a onda avança
e branda e suavemente
beija a areia da praia.

A poesia está no rosto da mãe
quando na dor do parto
a criança nasce.

A poesia está nos teus lábios
quando confiante
Sorris à vida.

A poesia está na prisão
quando o condenado à morte
dá uma vida à liberdade.

A poesia está na vitória
quando a luta avança e triunfa
e chega a Primavera.

A poesia está no meu povo
quando transforma o sangue derramado
em balas e flores
em balas para o inimigo
e em flores para as crianças.

A poesia está na vida
porque a vida é luta!

*Algumas informações foram tiradas da página do  Planeta Vida e se você quiser dar idéias para a nossa página Raízes, mande-nos um email com as suas dicas para franciscop@camoesradio.com

 

Coisas de Cá

Basakoli Music Jazz Festival

Dodó Miranda, o músico, compositor e produtor vai participar no “Basakoli Music Jazz Festival”. O festival, que já vai na sua segunda edição, é realizado anualmente pela Basakoli Music, um festival anual no Canadá dirigido pelo angolano Edi Matondo. Farão parte do referido evento diversos artistas, com destaque para Les Fous A.K.A, a Canadian Staff Band.

 

Coisas de Lá

 Angola: João Lourenço toma posse como presidente

 A cerimónia  que decorreu na Praça da República, em Luanda, contou com a presença de mais de mil convidados nacionais e estrangeiros, entre os quais 30 chefes de Estado e de Governo.

Com a mão direita sobre a Constituição da República de Angola, João Lourenço prestou juramento à nação, enquanto o presidente do Tribunal Constitucional procedeu à leitura do termo de posse. Frases como “O Interesse nacional tem de estar acima dos interesses particulares e do grupo” ,“Ninguém é rico demais que nao possa ser punido, ninguém é pobre demais que nao possa ser protegido” , marcaram o discurso de tomada de posse de João Lourenço, que tornou-se o terceiro Chefe de Estado de Angola independente, depois de António Agostinho Neto e José Eduardo dos Santos.

Vários analistas destacaram o discurso “de uma visão clara, inteligente, e frontal”.  Parabéns ao povo angolano .

 

Angola:  “Mais literatura, mais crescimento intelectual”

Lev’Arte realiza 5ª Conferência sobre Literatura Angolana sob o lema “Mais literatura, mais crescimento intelectual”, no qual serão debatidos vários assuntos relacionados com a literatura do país. Os temas serão por escritores Cristóvão Neto, Lopito Feijó, António Gonçalves, Nelson Bonavena, entre outros autores literários.

 

Angola: “Cartel D’Amor” e “Mais Do Que Rapper” 

Os músicos e compositores Cef, e Cage One vão desponibilizar as suas obras discograficas nos dias 30 de Setembro e 01 de Outubro, na Praça da Independência, Casa da Juventude e Belas Shopping respectivamente .Os anuncios foram feitos ao mesmo tempo durante o show na Baia de Luanda. “Cartel D’Amor”  é o álbum mais recente de Cef, sendo que “Mais Do Que Rapper”  é o título do novo álbum de Cage One.

 

FRASE DA SEMANA

“Não olhe onde você caiu, mas onde você escorregou.

-Provérbio africano.

Comments: 0

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.